ELIM NO MUNDO.

A palavra aos quatro cantos

O crescimento hoje.

A Igreja Pentecostal de Elim tem crescido constantemente desde sua fundação. Hoje com 600 igrejas no Reino Unido e 4367 em todo o mundo, com uma frequência semanal de cerca de 55 mil pessoas no Reino Unido e quase 320 mil no exterior.

Kensington é hoje o maior templo da Igreja Pentecostal Elim. Ele está situado em Notting Hill, na cidade de Londres e é pastoreado pelo Reverendo Colin Dye.

O prédio atual do KT foi fundado com o nome de Capela Horbury em 1849, como uma extensão da Hornton Street Congregational Church. Alugado du-rante a Primeira Guerra Mundial, foi comprado em 1931 pela Elim. George escolheu o nome KT, e o usou como a base de seu ministé-rio, sendo usado durante o grande avivamento evangelístico e de cura.

Em 1940, quando George saiu da Elim, o prédio ficou nas mãos de várias congregações até a morte dele em 1962, quando os curadores venderam o edifício para Elim, e, em 1965, Eldin Corsie levou a congregação de volta para o KT. Hoje cerca de 15 mil pessoas por semana usufruem dos serviços prestados em Kensington.

Elim na Inglaterra
Multidão de fieis no Reino Unido

Entre seus muitos ministérios, a igreja tem Escola Bíblica, Escola de Artes Cênicas, Faculdade, creche, centro de conferências, quartos para alugar, uma editora (Dovewell Communications) e um cinema.As Missões da Igreja Elim vêm gerando fruto em todo o mundo. Hoje existem em 52 países, contando com hospitais, orfanatos e escolas através do trabalho desenvolvido pelos missionários da igreja.

Na Nova Zelândia,  igreja destaca-se com uma organização excepcional e um trabalho missionário eficiente. A Elim no país tem mais de 40 igrejas, nesse seu trabalho centenário. Mike Griffiths lidera a igreja na Nova Zelândia, oferecendo trabalhos como o Colégio Cristão.

Na Índia a Elim também possui grande alcance. Em apenas três anos mais de 3500 convertidos juntaram-se ao ministério. Liderada por Sam J Jebadurai o trabalho realizado lá continua levando centenas de pessoas aos domingos nas igrejas de Chennai.

Sam J. Jebadurai o líder na Índia
Grupo de louvor na Nova Zelândia